Tenho tatuagem, posso doar sangue?

Pessoas que possuam tatuagem podem doar sangue um ano após terem obtido a mesma.

A razão é que, devido ao contato com a agulha o risco de obtenção de alguma doença aumenta, e o período das doenças que podem ser transmitidas através da agulha tem em média o tempo de incubação de um ano, ou seja, leva um ano até que os sintomas venham a aparecer.

Se já faz um ano que você tem a sua, está esperando o que pra doar? Doe sangue, o seu gesto pode salvar vidas!

Você poderia ler também:

Quem teve hepatite pode doar sangue?

As hepatites mais graves, B e C, podem deixar uma quantidade pequena ou resquícios de vírus, mesmo anos depois de não apresentar nenhum sinal da doença, por esse motibo não pode-se doar sangue, pois pode infectar uma pessoa através da transfusão. Mesmo que o vírus já tenha desaparecido totalmente, o anticorpo VHC e VHB presente no sangue da pessoa que já foi infectada, pode causar alguma reação. As hepatites B e C são doenças graves e muitas vezes silenciosas. Milhões de pessoas só percebem que têm essas doenças quando elas começam a se manifestar de formas mais graves, como cirrose ou câncer de fígado, por exemplo.

Diferentemente das outras hepatites, quem teve hepatite A pode doar sangue sem problema nenhum.

Algumas perguntas frequentes sobre hepatite:

O que é hepatite B e C?
As hepatites B e C são doenças graves que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. As hepatites podem levar anos para apresentar sinais. Em alguns casos, a pessoa só percebe que está com hepatite quando há manifestações mais graves, como o câncer de fígado ou a cirrose. Por isso, quem transou sem camisinha, compartilhou agulhas e seringas ou recebeu transfusão de sangue antes de 1993 deve procurar um serviço de saúde e realizar o teste das hepatites B e C. O diagnóstico e o tratamento precoces podem evitar a evolução das doenças e suas complicações.

Existe vacina para a hepatite B?
A vacina contra a hepatite B está disponível nas unidades de saúde para crianças e adolescentes menores de 29 anos, profissionais de saúde, manicures e pedicures, usuários de drogas, hemofílicos, profissionais do sexo, homossexuais, pacientes que fazem hemodiálise, portadores do vírus da hepatite C, portadores do HIV, bombeiros e policiais.

Como se pega Hepatite? Quais são os sintomas?
Há vários tipos de hepatite virais. A chamada Hepatite tipo A, transmite através de contaminação de águas, alimentos e por contato fecal-oral. A Hepatite B é por contaminação sexual e parenteral, ou seja, agulhas e equipamentos contendo sangue contaminado ou de mãe para o feto. A Hepatite C é de contaminação predominantemente parenteral (ex: contato com o sangue de outra pessoa), porém outras vias podem estar envolvidas, como a sexual e da mãe para o feto. As demais hepatites são raras.

Qual o tipo de Hepatite mais comum?
A Hepatite A. Encontramos anticorpos contra Hepatite A, que são indicativos de contato prévio por este agente, em cerca de 85% da população brasileira.

Quem teve hepatite A pode doar sangue?
Diferentemente das outras hepatites, quem teve hepatite A pode doar sangue sem problema nenhum.

Por que só se pode doar sangue quando se teve Hepatite antes dos 11 anos de idade? 
Porque antes dos 11 anos de idade a probabilidade de que o candidato tenha tido Hepatite do tipo A é de quase 100%, fato este já confirmado em estudos epidemiológicos. Como a Hepatite A não deixa partículas virais ou vírus circulantes após a cura, não há contra-indicação em doar sangue.

Você poderia ler também: